Exames

Nossos exames estão em processo continuo de melhoria e controle de qualidade,
fornecendo desta forma resultados precisos e confiáveis.

Orientações para Exame

Exame Toxicológico

O exame toxicológico é de indispensável para profissionais do transporte nas categorias C, D ou E da CNH.

A lei que dita essa obrigatoriedade foi efetivada desde 2015, no entanto, ainda é alvo de muitas dúvidas por parte dos motoristas. E é por isso que vamos sanar todas as principais questões sobre o exame toxicológico. Confira:

O que é exatamente o exame toxicológico de larga janela de detecção?
O exame toxicológico é um teste capaz de identificar o uso de substâncias psicoativas ilegais na queratina presente no cabelo ou dos pelos do corpo. As drogas mais comuns testadas no exame são a cocaína, maconha, anfetaminas, metanfetaminas e opióides.

É chamada de larga janela de detecção justamente por ter um alcance de 90 a 180 dias na detecção do uso de drogas. Outro nome para o exame toxicológico é “lei do caminhoneiro” ou “lei do motorista”.

É importante saber que o exame precisa ser realizado previamente à admissão e também como direito à contraprova, caso o resultado seja positivo.

Como fazer o exame toxicológico?
É simples, os primeiros passos são: o profissional do transporte pode se dirigir até um laboratório com sua CHN.

Lembre-se: para ser válido, o exame só poderá ser feito nos laboratórios credenciados pelo DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), pois são confiáveis.

O exame é feito a partir da análise de amostras do cabelo ou pelos do corpo. As amostras são limpas e testadas. O lado bom é a possibilidade de detectar o uso 6 dias após a ingestão, pois nesse período a substância é armazenada no corpo após o uso. 

E se eu não tiver cabelo?
Não se preocupe! O exame toxicológico também pode ser realizado por meio da análise de pelos do corpo. Nesse contexto, segundo o Denatran, é necessário que os pelos do corpo tenham no mínimo 1 cm.

Se essa alternativa também não for possível, amostras de lascas de unhas serão coletadas.

As drogas que usei no final de semana passado serão detectadas no exame?
Como dito anteriormente, as substâncias psicoativas levarão de 6 a 7 dias para ficarem armazenadas na queratina. Todavia, diversos fatores devem ser levados em consideração quando for determinado o tempo pelo qual as drogas continuarão no corpo, pois cada organismo reage de uma forma, diferenciando no tempo de absorção, quantidade e frequência de uso. 

Vale LEMBRAR: o DENATRAN determina a análise do histórico de uso entre 90 a 180 dias.

Quais drogas são detectadas pelo exame toxicológico?
O exame toxicológico tem a capacidade de detectar a presença de várias substâncias psicoativas. Contudo, as substâncias solicitadas para finalidade de emissão ou renovação de CNH e pelo Ministério do Trabalho são:

Álcool, cigarro e energético são detectados no exame toxicológico?
Não. Além do álcool, cigarro e energéticos, o teste não foi feito para presenciar anabolizantes, calmantes e antidepressivos. Porém, não se esqueça que o álcool pode ser detectado em outros tipos de exame.

Eu tomo remédio a base de anfetamina, com prescrição médica. E agora? Meu exame vai dar positivo?
Nesse caso é preciso apresentar a receita médica no dia da coleta para assinalar o uso do medicamento.

E o resultado?
Assim que o exame liberar um parecer, o resultado é anexado no RENACH, o Registro Nacional de Carteira de habilitação. A Resolução 691 do CONTRAN/DENATRAN determina que deve ser emitido em até 15 dias.

Qual é a validade do exame?
Antes da resolução 691 do CONTRAN/DENATRAN, o exame toxicológico tinha a validade de 60 dias contados a partir da data de coleta do doador. Hoje a validade é de 60 a 90 dias.

E se eu tiver convivência com algum usuário de droga?
Não há com o que se preocupar, pois não é possível ser contaminado ou ter um resultado falso compartilhando roupas e bonés, por exemplo. O resultado positivo só ocorrerá no caso de uso da substância.

Por que é necessário fazer esse exame?
Como um todo, o exame é essencial para motoristas, empregados e autônomos

O exame consegue garantir ao empregador que sua carga e seus motoristas chegaram em segurança. Já para a população, em geral, a constatação é de mais segurança nas estradas, dados já comprovam que, desde o início da obrigatoriedade do exame toxicológico, o número de acidentes nas rodovias já reduziram.

Para maiores informações, entre em contato conosco!

Nosso site salva o seu histórico de uso. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para saber mais, acesse Política de Privacidade.

X
Configuração de Cookies:
Cookies Essenciais (Obrigatório)

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança e suas permissões.

Cookies Funcionais

Esses cookies coletam dados para lembrar escolhas que os usuários fazem e para melhorar sua experiência mais organizada.

Cookies Analíticos

Esses cookies nos ajudam a entender como os visitantes interagem com nosso site.